6 formas de identificar talentos na empresa

1 ano atrás - por: Carolina Fuhrmeister

Compartilhe:

As corporações estão sempre em busca de profissionais diferenciados, que se destaquem em suas áreas e ajudem a empresa a crescer. Essas pessoas são reconhecidas pelo seu talento. Encontrar um profissional com conhecimentos, habilidades e atitudes que o diferencie dos demais, não é tarefa fácil.

Para serem notados, esses funcionários precisam colocar em prática as suas capacidades e devem ter entre os objetivos profissionais atingir os melhores resultados para a organização.

Os líderes são os responsáveis por descobrir quais membros de sua equipe têm esse potencial e precisam conciliar competências desejadas a posições-chave na corporação, em um cenário que muda constantemente, para que essa união reflita de forma diferenciada na vantagem competitiva da empresa.

Se este é o seu caso, confira neste artigo 6 formas de identificar os talentos na sua empresa e passe a utilizar o mapeamento de potencial no seu planejamento de RH.

1. Use o PDA

O PDA, sigla em inglês para Personal Development Analysis, é uma ferramenta que descreve e analisa o perfil comportamental das pessoas. Ele auxilia os gestores na tarefa de avaliar as demandas comportamentais de um determinado cargo e encontrar um profissional compatível.

Entre as informações obtidas com o PDA estão o estilo de liderança e tomada de decisões, as habilidades analíticas, comerciais, de persuasão e de análise, o nível de motivação, além de aptidões, fortalezas e áreas a desenvolver.

A ferramenta pode ser usada por empresas, consultorias de RH e até mesmo por profissionais, que buscam autoconhecimento e oportunidades de desenvolvimento.

2. Identifique habilidades e competências

Durante o processo seletivo para um determinado cargo, já é possível identificar os diferenciais de cada profissional. Na entrevista, é possível avaliar as atitudes e o comportamento do candidato, seja por meio das situações que ele já vivenciou ou por soluções oferecidas por ele em um contexto hipotético.

No entanto, o reconhecimento e o desenvolvimento de um talento não são ações pontuais, resolvidas apenas com um teste ou uma conversa. É preciso tempo, dedicação e esforço tanto da empresa quanto do próprio funcionário, já que serão investidas muitas horas nesse projeto.

As organizações devem reconhecer o potencial de seus funcionários, incentivando-os a perceber e atestar seus próprios valores. Isso é feito por meio da aceitação e do respeito às suas opiniões, sugestões e até críticas construtivas.

3. Crie projetos pilotos

Outra forma de identificar os talentos na empresa é por meio de simulações de determinados cenários. Propor desafios e envolver os profissionais é um excelente estímulo para que os funcionários demonstrem todas as suas habilidades e competências.

Para empresas ligadas à TI, por exemplo, uma oportunidade para avaliar a equipe são os hackathons, maratonas de programação. Para outras corporações, a criação de projetos voluntários e temporários pode ser o caminho para engajar os funcionários e avaliar suas aptidões.

Ao retirar a equipe dos processos rotineiros, é possível avaliar outras características e comportamentos de cada um dos membros. Com projetos secundários, os gestores conseguem monitorar o progresso e definir as estratégias de desenvolvimento dos talentos.

4. Tire os colaboradores da zona de conforto

Para que um profissional se destaque, muitas vezes, é necessário que haja um estímulo. Além de desafios como os projetos pilotos, é importante que a empresa ofereça verdadeiras oportunidades de crescimento.

Entre as propostas que podem ser dadas para motivar os talentos, estão cargos de responsabilidade ou melhores remunerações. A depender das respostas dadas por eles, o gestor consegue notar quais membros da equipe estão realmente interessados em crescer.

É fundamental acompanhar de perto o trabalho desses profissionais para analisar como eles colocam os projetos em prática e quais caminhos utilizam para atingir os objetivos ou para resolver os impasses do processo.

5. Conquiste os talentos na empresa

Para identificar os profissionais que se destacam, também é importante observar quais funcionários querem inovar. Conquistar os talentos com a possibilidade de aprender mais e se desenvolver, é uma forma de reconhecimento fundamental.

Profissionais que se sentem limitados ou que não têm chances de expor suas ideias, ficam desmotivados e acabam deixando as empresas. Para reter esses funcionários, sem aprisioná-los, as corporações devem verificar as causas da desmotivação.

Em alguns casos, mesmo que um determinado colaborador esteja gerando resultados para o negócio e tenha boa atuação na companhia, a acomodação pode mascarar esse descontentamento, fazendo com que ele não se destaque dos demais.

6. Comprometa-se com seus talentos

O comprometimento é uma via de mão dupla. Assim como os funcionários devem estar engajados com a empresa, a corporação precisa se comprometer com os talentos. Isso é feito com a criação de metas para a gestão.

Entenda quais são as necessidades da sua equipe e, mais especificamente, dos que se destacam. Os gestores que se empenham nesse sentido têm mais chances de reter os funcionários excepcionais e de obter deles maior produtividade.

Para isso, demonstre que você se importa com o bem-estar e com os desejos da sua equipe. A falta de reconhecimento e de contato com as lideranças estão entre as principais causas que levam os profissionais a deixarem seus empregos.

Lembre-se de que a identificação de talentos começa desde a seleção e recrutamento. Os gestores de RH precisam melhorar esse processo, sendo mais assertivos na contratação para não perderem a oportunidade de identificar as competências, já no primeiro contato.

Além dos testes que podem ser utilizados para identificar talentos na empresa, as conversas são sempre ferramentas indispensáveis para perceber as verdadeiras habilidades dos profissionais, que se sentem mais à vontade em um diálogo que em uma avaliação formal.

Por meio de conversas honestas com a equipe, é possível até mesmo que os líderes atraiam funcionários de destaque, estimulando que eles pensem em suas carreiras, mesmo que isso signifique que alguns desses profissionais deixem o grupo.

Há muitos fatores que podem levar à perda de pessoas diferenciadas, mas com todas essas sugestões para identificar talentos na empresa, você conseguirá engajar e motivar sua equipe.

Quer estar um passo à frente da concorrência? Então baixe o e-book RH do futuro: conheça as tendências que vão mudar os recursos humanos.

Por: Carolina Fuhrmeister

Diretora de Relacionamento na Grou, psicóloga de formação, empresária por vocação e apreço. Apaixonada por gente que faz!
Dinâmica e impaciente, mas com serenidade no coração. Equilibrista na gestão da vida: saúde mental e física, família (marido, filha, cachorro e gato) e propósito de carreira.

posts do autor

Junte-se a nós e receba conteúdos e dicas incríveis para ter sucesso em seus negócios

Fale com a gente.