Gamificação: a estratégia que traz engajamento aos seus funcionários

7 meses atrás - por: Fernanda Fuhrmeister

Compartilhe:

Estamos vivendo em tempos de rápido avanço tecnológico, o que exige dos gestores a capacidade de inovar de forma constante para desenvolver suas equipes, a fim de enfrentarem juntos novas tendências e cenários — conquistando, assim, inovação em seus processos. Para ajudar neste grande desafio, muitas empresas têm adotado a gamificação,

Nesse contexto, ela atua para que haja inovação e engajamento do público interno, encorajando, motivando e comprometendo os funcionários em suas tarefas diárias, a partir de novos modelos de processos. Continue lendo para saber mais sobre o assunto:

Mas afinal, o que é gamificação?

A gamificação é uma prática que incentiva o uso de colaboração, recompensas, feedbacks constantes e um sistema de ranking para engajar os participantes em um processo que reproduza as técnicas geralmente utilizadas em jogos (eletrônicos ou não).

Por meio de pontuações, medalhas e, hoje em dia, até aplicativos sociais como o Swarm, a gamificação procura fazer processos habituais se tornarem interessantes e extrovertidos.

A ferramenta que usa a motivação baseada em jogos já é bastante utilizada na educação e agora vem para somar mais eficiência aos processos de gestão de pessoas.

Qual a importância do engajamento?

Nas organizações, os treinamentos sempre foram uma boa forma dos gestores fazerem com que seus colaboradores ampliassem seus conhecimentos, técnicas e competências específicas. Contudo, se os funcionários são, de forma constante, beneficiados com os programas de desenvolvimento, qual a causa deles se desmotivarem ao longo do tempo?

Isto geralmente ocorre porque eles não estão completamente engajados. Sem o interesse necessário por parte dos funcionários, os recursos empregados em treinamento e desenvolvimento são desperdiçados, fazendo com que as metas do programa não sejam atingidas.

Em situações assim, uma das formas mais eficientes de se contornar essa questão é contar com o apoio da gamificação. Com este método, os colaboradores assimilam melhor a cultura da organização e aprendem a realizar seu trabalho de uma forma muito mais eficiente.

Qual o motivo de utilizar a gamificação para engajar?

Atualmente, a gamificação é vista como a metodologia mais eficiente para os programas de treinamento e desenvolvimento, proporcionando conscientização e alinhamento dos colaboradores aos objetivos do negócio. Por usar as técnicas utilizadas em games e fomentar o público interno por meio de colaboração, feedbacks constantes, recompensas e conquista de status, a gamificação tem o poder de motivá-los e fazer com que atinjam os objetivos da empresa.

Como implantar a gamificação na minha empresa?

O desafio de engajar os funcionários é árduo. Contudo, se você implantar uma estratégia que abrace todo o time em um funil de gamificação, o processo vai ser muito mais simples e eficiente para todos os envolvidos.

O funil é um esquema simbólico de como os colaboradores aprendem mais sobre a empresa, se tornam mais fortes com relação a seus objetivos e transformam a maneira com a qual realizam seu trabalho.

Um equívoco que muitos gestores cometem é tratar o sintoma da falta de engajamento com treinamentos motivacionais que não produzem significado para as pessoas da organização.

Ao percorrer as etapas do funil de gamificação, os funcionários saberão o que a empresa realmente espera e o que precisam fazer para contribuir com o desenvolvimento do negócio. Assim, eles são levados a construir uma relação melhor com a atividade que realizam e participam mais ativamente dos treinamentos.

Das fases do funil de gamificação, a terceira cuida exatamente do engajamento dos colaboradores. Nesta etapa, são analisadas as metas da organização e as tomadas de decisões para atingi-las. Com a ajuda dos jogos, eles vão se empenhar para que sejam recompensados quanto conseguirem bons resultados.

Existem alguns pontos que você precisa compreender para efetivar a gamificação na sua empresa. É fundamental levar em conta as seguintes recomendações para começar bem:

Conheça os pontos fracos da empresa

Primeiramente, você precisa identificar as principais questões da empresa: seus colaboradores estão sofrendo com a falta de motivação? Houve baixa na produtividade? Você percebe que o engajamento das equipes não é mais o mesmo? As respostas serão relevantes para saber como começar a implantação da gamificação.

Alinhe o projeto com os objetivos da empresa

Vale lembrar que a estratégia de gamificação precisa estar sempre alinhada com os objetivos do negócio. Isso faz com que o engajamento dos colaboradores seja ainda maior, fazendo com que percebam aproximação com os processos aos quais fazem parte.

Estabeleça os objetivos que você deseja atingir com a gamificação

Identificados os pontos fracos da empresa, definir as metas da gamificação se torna uma tarefa mais simples. Entretanto, é necessário você pensar em um plano do que deve ser realizado para poder corrigir essas questões: você precisa capacitar mais colaboradores? Deseja incentivar o trabalho em grupo? Quer gerar mais competitividade?

Crie um plano e avalie

Com as metas bem definidas, você pode efetuar um plano de como poderia passar essa experiência aos colaboradores da empresa. O importante aqui é tentar compreender o quanto o processo vai ser cativante e eficiente. Por isso, é necessário fazer alguns testes com equipes menores para poder avaliar os resultados.

Sempre trabalhe com feedback

Um dos pontos mais relevantes da gamificação é o uso contínuo de feedbacks. Ao receberem retorno sobre seu desempenho, os funcionários saberão se as escolhas que fizeram foram consideradas boas ou ruins e de que maneira eles podem melhorar. Além disso, estarão mais abertos para aprender novas técnicas e, assim, atingir melhores resultados.

Encontre um fornecedor qualificado

Desenvolver processos e plataformas de gamificação é mais complicado do que parece. São necessários conhecimentos específicos para conseguir criar engajamento e trazer bons resultados. Assim, é interessante encontrar uma empresa especializada que tenha conhecimento sobre treinamento e desenvolvimento de equipes.

Finalmente, se você precisa de mais um forte motivo para investir em gamificação, saiba que desenvolver a motivação com base em games para a nova geração de colaboradores, que cresceu com jogos digitais, é uma alternativa que não é só eficiente, mas também astuta.

Aplique a gamificação nos seus programas de treinamento e desenvolvimento para atingir melhores resultados e ainda conquiste uma equipe engajada e comprometida com os desafios da empresa!

Se você gostou deste artigo sobre gamificação, a estratégia que mais traz engajamento aos funcionários dos novos tempos, assine nossa newsletter para ter acesso a mais conteúdos como este!

Por: Fernanda Fuhrmeister

Diretora de Operações na Grou, Psicóloga e empresária. Nasceu no dia de São Francisco, naturalmente protetora e apaixonada pelos animais. Sua missão é impactar positivamente as pessoas, através de seu trabalho.

posts do autor

Junte-se a nós e receba conteúdos e dicas incríveis para ter sucesso em seus negócios

Fale com a gente.