Grou ensina: aprenda como estimular criatividade no trabalho

1 ano atrás - por: Carolina Fuhrmeister

Compartilhe:

Estimular a criatividade no trabalho é um importante passo para aumentar a sinergia, melhorar o comprometimento dos funcionários e encontrar soluções inovadoras para os problemas. Com uma equipe criativa, os resultados serão épicos.

Mas como estimular a criatividade em um mercado a cada dia mais estressante e competitivo? Para isso, é necessário investir em múltiplas ferramentas, que vão desde o bem-estar no trabalho até a comunicação interna.

Pensando nisso, criamos um post sobre como tornar sua equipe mais criativa e inovadora. Continue lendo e descubra!

Ofereça um ambiente agradável e produtivo

O primeiro passo é melhorar o próprio clima organizacional  sem isso, é impossível fazer qualquer outra coisa. Trata-se da forma como os colaboradores percebem a qualidade do ambiente e como ele influencia o seu comprometimento.

Os fatores que promovem um clima negativo são problemas de relacionamento na empresa, falta de diálogo interno e desequilíbrio emocional, especialmente dos líderes. Quando isso acontece, o ambiente fica repleto de desconfiança e acaba perdendo na criatividade.

Um bom clima torna os funcionários mais criativos, motivados e produtivos. Para alcançá-lo, é importante otimizar a estrutura organizacional, aprimorar os processos, implementar boas ferramentas de trabalho e criar uma liderança realmente inspiradora.

Estimule treinamentos colaborativos

Uma equipe bem treinada é importante para desempenhar qualquer atividade. Isso também contribui para estimular a criatividade dos colaboradores, especialmente quando o treinamento nasce dentro da própria empresa.

Normalmente, quando uma empesa deseja treinar seus funcionários, pensa em consultores externos ou em plataformas de capacitação. São opções excelentes, porém, o treinamento colaborativo é a forma mais inovadora de fazer isso.

Esse tipo de treinamento utiliza o próprio capital humano da companhia. Você pode pedir para seu especialista em vendas, por exemplo, criar um treinamento sobre métricas de desempenho. Assim, conseguirá estimular todos os trabalhadores.

Utilize a caixa de sugestões

A caixa de sugestões é uma das ideias mais simples e eficientes. Basicamente, consiste em utilizar uma pequena caixa para captar sugestões e sentimentos dos colaboradores, buscando solucionar os maiores problemas da organização.

Essa é uma ferramenta muito utilizada, mas diversos executivos não conseguem alcançar os resultados desejados com ela. Na grande maioria das vezes, isso não é culpa da ferramenta em si, mas de sua má implementação.

Ao utilizar a caixa de sugestões, é importante definir o problema-foco da empresa e não deixá-la em aberto para qualquer tipo de crítica. Assim, todo o esforço dos colaboradores ganham um único foco, tornando todo o processo mais eficiente.

Incentive o happy hour e momentos descontraídos

O trabalho é um lugar sério e cheio de normas de conduta. Essa burocracia existe para preservar as relações em uma organização, mas prejudica a criatividade e a inovação. A solução é investir em momentos descontraídos.

Pode-se criar happy hours, cafés-da-manhã coletivos, festas de confraternização e treinamentos colaborativos, além de oferecer vale-cultura, entre outros. Muitas empresas já fazem isso e, inclusive, utilizam essa estratégia para otimizar sua atração e retenção de profissionais talentosos. 

Investir nessas experiências acaba se mostrando muito efetivo: grandes ideias podem surgir nos momentos mais inesperados, como no bate-papo dentro do elevador. O mais importante é saber gerenciar e dosar esses momentos na corporação.

Promova reuniões de brainstorming

Brainstorming, em tradução livre para o português, significa “tempestade de ideias”. Na verdade, é um tipo de reunião entre muitas pessoas, com o objetivo de encontrar soluções diferenciadas para algum problema.

As maiores companhias do mundo investem nesses encontros  algumas até pagam valores astronômicos para terem a participação de especialistas e celebridades. Contudo, essa reunião também pode ser feita com a própria equipe, incentivando a criatividade.

Para estruturar uma reunião de brainstorming de sucesso, é importante contar com o auxílio de um moderador, solicitar que todos os participantes estudem o problema antes da reunião e agendar o encontro em local e horário confortáveis para todos.

Invista no recrutamento externo

O recrutamento é um importante instrumento na gestão de pessoas, talvez a atividade mais importante do RH. Ele pode ser feito de três formas: interno, externo ou misto. Dos três, o externo é o mais indicado para quem busca inovação e criatividade.

Quando o recrutamento é feito com os próprios funcionários, uma forma de promoção, gera motivação e comprometimento. Entretanto, quando ele é feito com profissionais do mercado de trabalho, o recrutamento externo significa a aquisição de novos talentos e habilidades.

Isso porque colaboradores vindos de fora da empresa trazem ideias diferentes e renovam a cultura da empresa. Esse modelo também gera competitividade interna, a qual, quando bem gerenciada, estimula mais criatividade e inovação.

Promova o diálogo interno

A comunicação interna é um importante elemento para os negócios, mas muitas vezes é esquecida ou simplesmente deixada de lado. Uma boa comunicação contribui para deixar a equipe mais alinhada, engajada e comprometida.

Existem muitas ferramentas que contribuem para melhorar o diálogo dentro das empresas. As mais comuns são: intranet, TV corporativa, mural de recados, redes sociais, blogs, aplicativos mobile e softwares especializados.

Nesse sentido, os líderes também possuem um importante papel. Eles são diretamente responsáveis pela comunicação com seus liderados, e devem deixar claro sobre como cada um é importante para o sucesso e o crescimento do negócio.

Recompense as ideias mais promissoras

Além de fazer tudo o que já foi dito, é importante estimular o surgimento de boas ideias por meio de recompensas que tenham valor para os trabalhadores. A grande maioria dos gestores não faz isso, o que desestimula a criatividade dos seus liderados.

Para definir a recompensa ideal, é importante levar em consideração alguns fatores. As recompensas devem ser desejadas pelos funcionários, além de ofertadas de acordo com a complexidade da tarefa e da situação econômica da empresa.

Além disso, existe uma vasta gama de recompensas inovadoras. Opções como uma vaga exclusiva na garagem da empresa, um jantar com acompanhante, uma viagem, uma premiação em bens e um dia de folga remunerada são ótimos exemplos.

Todos esses pontos podem (e devem) ser usados para estimular criatividade no trabalho. Com isso, a empresa melhora o atendimento aos clientes, cria bens e serviços mais inovadores, soluciona problemas internos e constrói uma marca sólida.

Agora que já sabe como estimular a criatividade no trabalho, aproveite para compartilhar suas dúvidas ou experiências sobre o assunto. Deixe agora seu comentário em nosso post!

Por: Carolina Fuhrmeister

Diretora de Relacionamento na Grou, psicóloga de formação, empresária por vocação e apreço. Apaixonada por gente que faz!
Dinâmica e impaciente, mas com serenidade no coração. Equilibrista na gestão da vida: saúde mental e física, família (marido, filha, cachorro e gato) e propósito de carreira.

posts do autor

Junte-se a nós e receba conteúdos e dicas incríveis para ter sucesso em seus negócios

Fale com a gente.