O que você sabe sobre maturidade digital no RH das empresas?

6 dias atrás - por: Fernanda Fuhrmeister

Compartilhe:

Não é possível falar em processos empresariais sem pensar em tecnologias e estratégias digitais. Por isso, as organizações que não buscam uma constante inovação tecnológica assinam, por assim dizer, o seu atestado de óbito. Por outro lado, empresas que crescem com o avanço virtual e atingem a maturidade digital sobrevivem no mercado em que atuam.

Você sabe o que é a maturidade digital? Entende como esse processo pode trazer benefícios para a sua empresa? Quer descobrir como implantá-la no RH? Daremos as respostas em nosso artigo. Leia com atenção!

O que é a maturidade digital?

Maturidade significa atingir o clímax do desenvolvimento. Geralmente, usamos esse termo para nos referir a pessoas que chegaram a vida adulta e demonstram um comportamento mental e emocional equilibrado.

De maneira similar, a maturidade digital é vista em empresas que se adaptam as mudanças da tecnologia, e tornam-se bem-sucedidas, no meio digital. Ao contrário do que alguns pensam, essa madureza não significa apenas implementar modernas ferramentas virtuais no ambiente interno da instituição.

Além disso, é necessário alinhar os recursos digitais com a cultura, a estrutura e as estratégias do negócio. Atendendo também as expectativas dos gestores, colaboradores, clientes e parceiros.

Essa realidade foi demonstrada em um estudo intitulado: Achieving digital maturity – adapting your company to a changing world, feito pela multinacional Delloite em parceria com a MIT Sloan Management Review. Na pesquisa, foram elencadas as características que demonstram a maturidade digital de uma empresa, como:

  • equipes multifuncionais;
  • planejamento estratégico em longo prazo;
  • realização de testes de ferramentas digitais;
  • elevada interação;
  • ambientes flexíveis;
  • desenvolvimento de uma liderança digital;
  • foco no crescimento dos colaboradores.

O grande desafio é conquistar esses atributos em um cenário empresarial no qual as mudanças ocorrem em um ritmo acelerado. O segredo é adquiri-los gradualmente nos vários setores da empresa. Por exemplo, o RH pode adotar novos equipamentos e metodologias para a gestão de equipes que impulsionarão a mentalidade e os hábitos da organização.

Acompanhar a evolução tecnológica e amadurecer digitalmente é tão importante que muitos CEOs têm despertado para essa urgência e reconhecido que a regra atual é gerida pelo famoso princípio do darwinismo tecnológico: “adapte-se ou morra”.

Como o RH digital impacta os processos das empresas?         

O departamento de recursos humanos é um catalisador crítico da transformação e do amadurecimento digital da organização. Afinal, o RH é o responsável pelo capital humano e tem a capacidade de alinhar as metas e estratégias organizacionais com a aquisição e utilização das ferramentas virtuais.

Para ter esse resultado de alcance global, muitas empresas sabiamente reconheceram a importância do setor de recursos humanos e o transformaram no RH digital. Quais são os benefícios dessa mudança? Vejamos alguns deles.

Cruzamento de dados

O processo de recrutamento e seleção também é beneficiado pela maturidade digital do RH. Em uma seleção de profissionais, os recrutadores precisam analisar bem se os candidatos são compatíveis com as qualificações de um cargo ou função.

Essa tarefa fica mais fácil com o uso de um software que verifica o perfil dos participantes e cruza esses dados com a descrição dos requisitos registrados na aplicação. Então, um relatório apontará o nível de compatibilidade do profissional com a função.

Além disso, é feita uma expectativa sobre a contribuição que o candidato pode oferecer para a empresa. Dessa forma, as possibilidades de erros de contratação diminuem e a certeza da admissão de profissionais talentosos aumenta.

Retenção de talentos

Após contratar é preciso desenvolver os colaboradores, pois essa é a maneira mais eficiente de mantê-los no time interno da instituição. Em vista disso, a utilização de tecnologias focadas no progresso e aperfeiçoamento individual é fundamental para a construção de um programa para o desenvolvimento do capital humano.

Essa tecnologia gera informações com base em análises de perfil comportamental. Com base nesse relatório, é identificada uma competência de alto impacto e são definidas estratégias para desenvolvê-la. Após algumas semanas, o colaborador torna-se mais eficiente, produtivo e engajado com a marca do negócio.

Integração

O RH e o setor de tecnologia da informação (TI) é uma parceria essencial para a maturidade digital da empresa.  Enquanto a área de TI apresenta soluções virtuais para uma gestão eficiente, o RH aponta as necessidades dos profissionais. Então, ambas decidem qual é a ferramenta que tem as funcionalidades que suprirão as carências do time e elevará o seu rendimento.

Por exemplo, pode ser definido que um software de plano de carreira será implantado na organização. O objetivo será ajudar a empresa a nortear o desenvolvimento da trajetória dos seus profissionais. Sendo assim, a TI trabalhará na escolha e personalização das funcionalidades do software para que o RH atinja os objetivos estabelecidos.

O que fazer para implementar o RH digital?

É importante lembrar que não existe uma linha de chegada à maturidade digital. Por isso, o RH precisa implantar processos que tenham atualizações rápidas e constantes, equipes colaborativas, estratégias bem definidas e um mindset crescente.

Para que esse comportamento seja a regra na instituição é necessária que haja a mentalidade digital, ou seja, a compreensão da importância da combinação de pessoas com a tecnologia. Como promover essa consciência na empresa?

Um modo é despertando a atenção dos altos executivos para os benefícios do RH digital e como impactará nos resultados do negócio. Igualmente importante é preparar e treinar a equipe de RH para que esteja alinhada e atualizada com as soluções e metodologias digitais.

A partir daí, o planejamento das ações para a gestão de pessoas direcionará tanto os gestores quanto os colaboradores no processo de transformação e consolidação das estratégias digitais. Então, é fundamental mensurar o desenvolvimento e a efetividade das práticas estabelecidas e gerar relatórios para apresentar os resultados.

Enquanto a empresa caminha para a maturidade do RH digital, a livre comunicação entre os gestores e a equipe, proporcionará feedbacks que servirão como parâmetros de como a transformação digital está impactando os colaboradores, os processos e a rotina do trabalho.

Enfim, a tecnologia não é algo passageiro e tem mostrado para o mundo corporativo que a inovação é necessária. Por sua vez, as empresas precisam mergulhar no universo virtual trazendo novas soluções para processos que precisam ser remodelados.

O que achou de nosso artigo? Entendeu como a maturidade digital é algo essencial nas empresas? Você deseja que o RH da sua organização avance junto com a tecnologia? Temos a solução para você! Entre em contato com os profissionais da Grou e descubra ferramentas virtuais eficientes para o RH!

Por: Fernanda Fuhrmeister

Diretora de Customer Success na Grou, psicóloga e empresária. Sua missão é impactar positivamente pessoas e empresas através de tecnologias inovadoras para Gestão de Pessoas.

posts do autor

Junte-se a nós e receba conteúdos e dicas incríveis para ter sucesso em seus negócios

Fale com a gente.